Acompanhe nosso trabalho nas redes sociais

Deputado defende poder legislativo próximo ao cidadão

Na sessão plenária da tarde desta quarta-feira (24), o deputado estadual Antônio Gomide votou contrário à matéria que pretende alterar o Regimento Interno da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) permitindo que as sessões e reuniões de comissões sejam realizadas de forma híbrida. Atualmente, esse formato já é utilizado pelo parlamento goiano devido à pandemia do novo corona vírus.

Para Gomide, a manutenção das sessões híbridas afasta a população das decisões do Poder Legislativo e pode contribuir com a falta de transparência no momento das votações das matérias em plenário. “Precisamos ter a obrigatoriedade de que todos os deputados presentes de forma remota nas sessões liguem suas câmeras e apareçam no painel no momento da votação”, defendeu.

Gomide cobrou ainda a abertura das galerias para que a população possa participar dos debates e decisões do Poder Legislativo. “Sabemos muito bem que o trabalho desta casa precisa se aproximar cada vez mais do cidadão para que ele entenda que pode participar do que estamos votando e discutindo. Quanto mais longe e menor a presença nesta casa, pior serão nossas respostas em relação à votação das matérias. Quanto mais vazia esta casa, menor será esse Parlamento”, concluiu.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest