Acompanhe nosso trabalho nas redes sociais

“Estudantes da UEG de Caldas Novas não podem ser prejudicados com a falta de professores e funcionários”, alerta Gomide

O déficit das ferramentas principais para a manutenção das atividades da UEG de Caldas Novas – professores e funcionários administrativos – foi tema de um alerta do deputado estadual Antônio Gomide (PT) na sessão ordinária da Assembleia Legislativa desta terça-feira, 6.

Segundo o deputado, representantes do campus local denunciaram a falta de professores e profissionais suficientes para manutenção e funcionamento regular da instituição. “São esses trabalhadores do corpo acadêmico e administrativo que fazem a universidade acontecer”, afirmou Gomide.

O deputado complementou a importância da resposta aos estudantes. “Todo estudante quer o mérito da conclusão da sua formação. Eles não podem ser prejudicados”, finalizou Gomide.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest