Acompanhe nosso trabalho nas redes sociais

Gomide defende a valorização dos servidores da Educação

O deputado Antônio Gomide (PT) subiu à tribuna, durante a fase de discussões da Ordem do Dia desta quarta-feira, 25, para tratar do projeto de lei da Governadoria de n° 6453/21, que altera a lei de realização de concursos públicos em Goiás.

Gomide destacou que a propositura foi debatida durante a reunião da Comissão Mista e depois foi feito um voto em separado durante a sessão ordinária, mas o voto foi rejeitado, de acordo com ele. “Eu voto contra esse projeto de lei porque entendo que ele prejudica muito todas as pessoas que forem aprovadas em concursos públicos. Com a aprovação dessa matéria todos aqueles que passarem em concursos não terão a garantia que serão chamados dentro da gestão, já que modificando a lei, não terá previsibilidade de chamamento do concursado”, enfatizou.

O parlamentar também comentou sobre a matéria de n°6963/21, da Governadoria, que dispõe sobre reajuste do vencimento dos professores. “O governador Ronaldo Caiado (DEM) retirou o quinquênio e a licença prêmio dos profissionais e a estimativa é que o Estado tenha economizado na faixa de R$ 1 bilhão e 600 milhões. Mesmo assim, o governador manda um projeto de lei para essa Casa, que prevê um aumento de apenas de 4,52% para os professores das categorias P1 e P2 e 7,2% para P3 e P4. O aumento está defasado e não supre os reajustes dos salários dos professores que deixaram de ser dados nos últimos dois anos”, pontuou.