Acompanhe nosso trabalho nas redes sociais

Projeto de Gomide busca homenagear professor Nelson de Abreu Júnior, vítima da covid-19

Através de projeto de lei do deputado estadual Antônio Gomide (PT) apresentado na sessão ordinária desta terça-feira, 11, o Campus de Ciências Socioeconômicas e Humanas (CCSEH) da Universidade Estadual de Goiás, localizado em Anápolis, pode ter, em breve, agregado à sua nomenclatura o nome do professor Nelson de Abreu Júnior, docente que foi vítima da covid-19 no último dia 6 de maio.

Nelson de Abreu Júnior era servidor público desde 1993, professor efetivo da UEG desde a sua criação, em 1999. Atualmente, Nelson atuava como membro do Conselho Superior Universitário da UEG e professor de carreira, sendo diretor do Campus de Ciências Socioeconômicas e Humanas (CCSEH) por dois mandatos, membro do Grupo de Trabalho sobre Avaliação Institucional, membro do Conselho Universitário (CsU), além de participar de várias comissões e grupos de trabalho com toda a comunidade acadêmica.

Com esse currículo e história, Gomide entende que o projeto é uma das formas de retribuir a dedicação e empenho em vida do professor Nelson de Abreu à UEG. “O professor Nelson era muito querido pela comunidade acadêmica de Goiás. Defensor da UEG, o professor também foi um grande apoiador do desenvolvimento de Anápolis e deixou um legado de construção de conhecimento emancipador e libertador”, definiu o deputado.

O projeto apresentado hoje percorrerá as comissões competentes da Assembleia Legislativa e em breve deve ser votado em Plenário pelos deputados.