Acompanhe nosso trabalho nas redes sociais

Deputado pede a conclusão do Aeroporto de Cargas de Anápolis

O deputado estadual Antônio Gomide usou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 5, para demonstrar a sua preocupação com a falta de comprometimento do Governo em relação à conclusão do Aeroporto de Cargas de Anápolis. Segundo o deputado, a não conclusão da obra impacta negativamente o desenvolvimento econômico de Anápolis e de Goiás.

Gomide mencionou que em um recente artigo publicado na Imprensa Goiana, o advogado tributário Neves Teodoro Rezende de Sousa, sustenta que o setor aeroportuário brasileiro é promissor, mas que, em Goiás, o caso do Aeroporto de Cargas de Anápolis é um exemplo clássico que ilustra alguns problemas do setor.

“Com mais de R$ 270 milhões investidos e problemas de erosão na cabeceira da pista, este importante aeródromo está longe de ser concluído”, disse o especialista, complementando que serão necessários ainda investimentos de quase R$ 250 milhões para que a obra seja finalizada e atenda às especificações do atual modelo escolhido.

Gomide destacou que a obra que se resume, atualmente, a uma pista, pensada para integrar a Plataforma Logística Multimodal, não recebeu nenhum avanço no Governo Caiado. “Uma obra paralisada na qual foram gastos este montante, que não tem nenhuma função para Anápolis e nem para Goiás”, citou.

O deputado também lembrou sobre uma ida do ministro Tarcísio Freitas, do Ministério da Infraestrutura, à Anápolis no ano passado com a discussão do tema em sua visita. “Veio e prometeu ajudar na demanda da obra do Aeroporto de Cargas e nada aconteceu até então”, afirmou.

Por fim, Gomide citou que o Governo publicou a licitação indicada pelo especialista em relação à pista do Aeroporto de Cargas, mas que isso não demonstra uma perspectiva de conclusão da obra. “Pretendem contratar uma empresa por mais de R$ 11 milhões para um serviço de drenagem nessa pista entregue há mais de cinco anos”, lamentou.

Para Gomide, o estado todo perde com a não entrega dessa obra. “Goiás perde, Anápolis perde e não se tem concretizada a Plataforma Logística Multimodal. É preciso que o Governo de atenção e termine essa obra”, concluiu.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest